Resumo – WordCamp Lisboa 2011

wordcamp

Como sabem, no dia 24 de Setembro de 2011 decorreu no Auditório Agostinho da Silva na Universidade Lusófona, em Lisboa o 1º WordCamp Lisboa, também o primeiro organizado pela comunidade WordPress Portuguesa. Como eu não pude estar presente, foi o Miguel Dias representar o DicasWP no evento e aqui fica o seu resumo.

Antes de mais, podemos já dizer que o evento foi um estrondoso sucesso, desde os oradores, passando pelo networking, fazendo talvez excepção ao almoço biológico, mas isso «é de estômago para estômago».

Coube a Paulo Faustino da Escola WordPress e Escola Dinheiro abrir este WordCamp. O orador Português falou numa perspectiva ampla, apresentando várias ferramentas para utilizar o WordPress sem criar regularmente conteúdo, abordando lojas de classificados, sites de geolocalização, reviews, entre outros. Talvez esta tenha sido a palestra mais «frouxa» do dia, no entanto o facto de ter aberto o evento e do público ainda se estar a instalar pode ter contribuído.

De seguida, falou Drew Strojny, uma das melhores talks do dia. Este Web-designer que foi jogador de futebol Americano falou de uma perspectiva pessoal, sobre como terminou a sua carreira e acabou por enveredar pelo negócio do Web-design para WordPress, dando um cunho muito pessoal e falando de como criar negócios à volta desta plataforma, esta foi sem dúvida uma das melhores palestras do dia.

A seguir a uma breve paragem, condimentada com café e bolo oferecido por um patrocinador do evento, seguiu-se Nuno Morgadinho da Widgi Labs que falou sobre o que é pertencer à comunidade WordPress e como contribuir para o enriquecimento da comunidade e da própria plataforma. A Widgi Labs é uma das 9 empresas Europeias que integra o Code Poet, a bíblia das empresas que trabalham com WordPress.

Rui Santos e Sérgio Carvalho foram os senhores que se seguiram, com a palestra mais técnica falando do funcionamento do projecto deles, o blog.com (que merece sem dúvida uma vista de olhos). Santos e Carvalho falaram sobre as alterações que efectuaram ao core do WordPress modificando assim a zona de administração, o design geral e outros.

A seguir, aquela que foi considerada a melhor palestra do dia. Scott Berkun que para além de trabalhar na Auttomatic é também orador e «professor» de como falar em público, falou de forma descontraída abordando o background do WordPress.com e as vantagens que os utilizadores podem ter ao utilizar esta ferramenta. Scott foi sem dúvida o mote para a segunda parte deste WordCamp.

O almoço de comida biológica, oferecido por um dos sponsors do evento agradou a uns tantos e desagradou a outros, no entanto, voltando às palestras, a Microsoft fez uma apresentação no fim da hora de almoço (não planeada), sobre como instalar facilmente o WordPress numa plataforma Windows, apresentação esta em que a plataforma Windows não colaborou, dando múltiplos erros que acabaram por inviabilizar a instalação em directo do WordPress. No fim foi oferecida uma Xbox 360.

Após o almoço, falou um dos funcionários da Auttomatic, Isaac Keyet, responsável pela aplicação mobile do WordPress. Esta foi talvez das talks que menos interessou o público, não pela falta de conteúdo mas sim pelo orador que falou sempre num tom monocórdico. Keyet falou sobre a aplicação mobile do WordPress para Android, Blackberry e iPhone.

A seguir foi a vez de Ana Silva, a palestra que menos teve a ver com WordPress, mas igualmente interessante, em que a Ana falou de ser um blogger amadora, experimentar o Joomla e não conseguir e experimentar o WordPress e obter assim a sua plataforma favorita para blogar.

Foi então a vez de Hugo Baeta, que também é um excelente orador. O Hugo falou sobre as opções de personalização do WordPress.com, defendendo a par de Scott o projecto para o qual trabalha. Hugo Baeta é um wordpresser convicto e conseguiu prender a atenção de todos ao dar excelentes exemplos de personalização, deixando assim também um «gostinho» para que os presentes dessem uma oportunidade ao WordPress.com

Depois de outro breve intervalo, falou Tiago Noronha. Notoriamente nervoso por ser a sua primeira apresentação pública, o Tiago trabalha na WooThemes, uma das mais conhecidas empresas de temas para WordPress. Tiago falou da WooThemes, de alguns dos seus temas e das características inovadoras, que podem dar ainda algo mais ao WordPress.

Posteriormente, foi a vez de Pedro Dias da PTisp um dos patrocinadores do evento, que aproveitou a sua talk para falar de alojamento Web, sobre os recursos de um projecto em WordPress. Foi uma palestra que serviu sobretudo para vender os serviços da PTisp, com especial incidência nos serviços CloudFare, que está agora muito em voga no mercado nacional.

Por fim, coube a André Luís do Sapo, fechar as talks propriamente ditas. O André falou das licenças Creative Commons e de todo o licenciamento de obras na Web, dando uma das palestras mais interessantes também. André Luís tem-se dedicado a esta área, sabendo aconselhar a plateia sobre como proteger as suas obras.

No fim, José Fontaínhas, o «pai» da Comunidade WordPress Portuguesa fez os agradecimentos finais, sendo no entanto o nosso maior agradecimento para ele por encabeçar esta equipa que realizou um dos melhores eventos Portugueses relacionados com a Web.

Para o ano lá estaremos, sem falta…

Fotos: Copyright 2011 photofilete. Mais Fotos.



Com um total de 70 posts.

Comenta com força que é de graça!